sexta-feira, 31 de maio de 2013

Deus existe e está sempre presente.


Deus existe e está sempre presente.

“Partiram, pois, do monte do SENHOR caminho de três dias; a arca da Aliança do SENHOR ia adiante deles caminho de três dias, para lhes deparar lugar de descanso.” (Números 10.33)
Diz a Torá, que o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus para ser a coroa da criação e ter comunhão com Ele.
No capítulo 3 do Livro de Gênesis vemos a narrativa da tentação do homem e sua consequente queda. Vemos também no versículo 8 do mesmo capítulo que Adão ouviu a voz do Senhor e escondeu-se da Sua presença porque ficou envergonhado por estarem nus, ele e sua mulher, nudez que antes de sua desobediência nunca fora percebida.
Desde a criação do homem, Deus tem procurado falar ao ser humano. No princípio Deus conversava pessoalmente com o homem, mas o pecado fez separação entre nós e Ele, e hoje não conseguimos mais falar com Deus da mesma maneira como Adão e Eva falavam: face a face.

Mas Deus em sua infinita misericórdia continua falando ao homem. 

Deus levantou um homem chamado Abrahão e prometeu-lhe que, apesar dele e de sua esposa Sara serem avançados em idade e ainda ser ela estéril, a sua descendência seria abençoada e encheria a terra. Ele prontamente ouviu a voz do Senhor e se dispôs a segui-Lo apesar de não saber para onde deveria ir.
Não houve questionamentos, nem foi perguntado o que ganharia se tomasse a atitude de obedecer àquela voz que lhe falava.
Porque será que Abrahão ouviu prontamente a voz de Deus?
Sabemos pela Torá que Abrahão morava com sua família em Ur dos Caldeus, cidade próxima de Babilônia, lugar próspero e idólatra. Sabemos também que o pai de Abrahão era construtor de ídolos e possivelmente também Abrahão o seria, porque normalmente naquela época as profissões eram distribuídas entre as famílias, logo a família de Abrahão devia ser totalmente ligada a esse tipo de comércio.
Mas como alguém que está envolvido com tantos deuses, que ganha dinheiro comercializando imagens desses deuses, pode ouvir e atender prontamente a voz de Deus?
Abrahão construía deuses, mas o seu coração ansiava por conhecer o verdadeiro Deus.
Fico imaginando Abrahão ao cair da tarde fechando a sua oficina, contemplando o céu e questionando-se sobre a sua própria origem: quem o havia criado? Que futuro lhe estaria reservado? Não era possível que todas aquelas maravilhas que contemplava nos céus e na terra tivessem sido criadas por aquelas estatuas de vários tamanhos e formatos que aprendera a modelar. Não! Com certeza haveria em algum lugar um Deus verdadeiro, alguém que fosse o verdadeiro Maestro daquela orquestra celestial.
Deus vem a ele e lhe diz: Sai da tua terra e da tua parentela... (Gênesis 12.1-3) e em ti serão abençoadas todas as famílias da terra.
Muitos não querem ouvir a voz de Deus.
Muitos de nós, no nosso íntimo, fazemos a nós mesmos, as perguntas que Abrahão fez antes de ser chamado por Deus.
Talvez, neste exato momento, você esteja se questionando sobre tantas coisas: Quem realmente é você? Qual o seu papel neste mundo? E este mundo, o que será feito dele? Será que realmente Deus existe? E se existe porque não tem ouvido o seu pedido de socorro? Você olha à sua volta e vê tantas pessoas desamparadas, famintas, violentadas por uma sociedade má e corrompida, e sente-se incapaz de ajudar; e muitas vezes nós também nos sentimos assim: desamparados de Deus; famintos por receber uma palavra de alento, uma palavra de ânimo que nos faça levantar a cabeça e continuar; violentados em nossos sonhos mais profundos. Parece que a única coisa que se realiza do que sonhamos em nossas vidas são os pesadelos, as perseguições, a angústia e o abandono de todos que nos cercam!
Eu não sei o que está passando no seu coração nem na sua mente neste momento. Não sei as angústias que você tem sofrido nem as lutas que tem passado ou as derrotas que tem sofrido. Eu não sei o que você esperava receber de Deus quando começou a ler essa reflexão, mas eu quero lhe dizer algo importante e verdadeiro: Se hoje, ouvirdes a voz do Senhor, não endureçais o vosso coração. Deus está falando a você neste momento. A voz que você está ouvindo no seu coração não é outra senão a voz do Senhor, por isso não deixe de ouvi-la e atendê-la.
Não importam as lutas e aflições que temos enfrentado no nosso dia a dia, o Senhor estará sempre ao nosso lado nos sustentando com Sua forte mão. Ele é Poderoso para transformar toda dificuldade que aos nossos olhos parecem impossíveis de se resolverem. Se buscarmos resolvê-las pelas nossas próprias forças, certamente parecerão gigantescas e acabaremos sucumbindo diante delas, mas se confiarmos no Senhor Deus que nos criou à sua imagem e semelhança e nEle descansarmos, tenha a certeza de que a seu tempo todas elas se resolverão e você glorificará o nome do Senhor pelas bênçãos maravilhosas que operou em sua vida.
Muitos acreditam que Deus é um Deus distante.
Deus não está distante; ao contrário, está mais perto do que você imagina.

Em Deuteronômio 32.10 a Torá nos diz que somos como as meninas de seus olhos. Quando Deus contempla a terra é você quem ele vê primeiro. Você é mais importante que plantas, árvores, animais, porque você foi criado à sua imagem e à sua semelhança e Ele te ama tanto que se pudéssemos novamente ouvir a Sua voz, pudéssemos sentir o Seu imenso amor por nós veríamos que nunca fomos abandonados à própria sorte.

Deus existe e está sempre presente e atuante em nossas vidas! Não deixe de buscá-Lo, pois está com os braços e ouvidos sempre atentos para ouvir o seu clamor e pronto para te abençoar.
Shalom Aleichem

Ben Baruch

Nenhum comentário:

Postar um comentário