sexta-feira, 6 de julho de 2012

A importância da comunicação na construção do lar


 “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo”. Provérbios 25:11.

São muitos os problemas que afetam as famílias hoje em dia, mas pensamos que o fator ”comunicação”, que envolve uma comunicação errônea, sem tato, sem cortesia, destituída de palavras bondosas e amadoras, bem como o uso de palavras ferinas, agressivas, com um tom de voz condenatório e autoritário, ou até o uso da arma do silêncio, tem contribuído para a infelicidade de muitas pessoas, e a dissolução de lares. Infelizmente, por muitos casais não saberem se comunicar, eles estão contribuindo para o aumento de mais 90% dos problemas conjugais.

Existe uma conexão estreita entre a comunicação e as relações interpessoais. A comunicação e as relações interpessoais são elementos chaves em nosso desenvolvimento pessoal, na percepção do que somos (em potência) e a quê estamos chamados a ser.

A comunicação influencia nosso bem-estar geral. A comunicação está para as relações interpessoais como a respiração está para a vida. O conhecimento do outro, o ir ao encontro do outro e manter relações de “trocas” desenvolve uma autonomia construtiva, criadora, animadora. A vida é comunicação; portanto, comunicar-nos bem é tão necessário para nosso desenvolvimento integral quanto respirar ar puro, a pleno pulmão, é necessário para nosso bom desenvolvimento físico e espiritual.

O próprio Deus viu que a comunicação era importante para vida de seus filhos, pois Ele mesmo procurava-os para com eles conversar: “E chamou Senhor Deus ao homem...”. Gênesis 3:9.

A Importância da Comunicação

O que significa comunicar-se? De acordo com o dicionário de Antônio Houaiss, significa “transmitir ou permutar pensamentos, sentimentos, informação ou fatos semelhantes, oralmente ou por escrito”. Antônio Houaiss – Dicionário Eletrônico da Língua Portuguesa.

A Palavra de Deus diz: “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?”. Amós 3:3.

Encontramos no processo de comunicação, dois tipos de diálogo:

1. Diálogo Problemático – Um diálogo que não seja cooperativo pode assumir diversas formas. Pode ser combativo, caótico, insuficiente, ou interrompido prematuramente como um meio de evitar um conflito.

2. Diálogo Cooperativo – Um diálogo cooperativo permite o casal juntar informações compartilhar opiniões, para juntos chegarem a um acordo. Quando um casal sabe usar o diálogo cooperativo eles conseguem gostar de ficar juntos, trocar informações com facilidade e trabalhar em conjunto para alcançar objetivos compartilhados

O primeiro passo para uma boa comunicação é uma atitude de aceitação. Se não houver aceitação da pessoa tal como ela é, não haverá possibilidade de comunicação.

No clima da aceitação e do perdão, podemos abrir o nosso coração e deixar que a outra pessoa nos veja sem disfarces, assim como verdadeiramente somos no nosso íntimo.

A importância de atacarmos o problema e não a pessoa

Os conflitos não são necessariamente um mal; podem levar ao crescimento bem como ao desentendimento. Para que os conflitos possam ser solucionados de forma a promoverem a comunicação e não interromper a mesma, existem alguns passos que devem ser seguidos

- Atacar o problema e não a pessoa; falar o que está sentindo e porque está sentindo-se assim; se restringir ao assunto em questão; oferecer sugestões práticas com as críticas, deixando de lado palavras como: “sempre, nunca, ninguém, todo o mundo”, que sendo um exagero, destroem a credibilidade do argumento e colocam a discussão desde o início num plano de irrealidade.
- Deve-se saber ouvir
- Saber falar
- Ter consciência que as palavras podem construir, edificar ou arrasar alguém
- Deve-se exercer o autocontrole
- Recorde as datas importantes
- Façam planos para o futuro
- Peça ao companheiro soluções práticas para seus problemas.

Conversar, ouvir, entender, prestar atenção, ceder, ajudar, perdoar e compartilhar sentimentos, pensamentos e visão: eis os segredos para a felicidade conjugal.

Fonte: Creio.com.br

6 comentários:

  1. As pessoas deveriam ter mais controle dos seus impulsos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Querida Janice, paz!
    É verdade. Controlar-se é um processo de aprendizado contínuo.
    O autocontrole é saber que você pode, mas decidir que não o fará.
    Muita paz e excelente final de semana
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá meu querido amigo, concordo com o texto, mas realmente é tão dificil algumas comunicações, as vezes esbarramos na compreensão do outro, ou melhor, na falta dela rsr gostei muito seria muito bom estabelecer uma comunicação harmoniosa sempre com as pessoas! Abraçoooss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Kellen, paz!
      Sim minha irmã, o mundo seria bem melhor se conseguíssemos nos comunicar com calma e acima de tudo com compreensão, respeitando os limites e as limitações de cada um de nós.
      Abraços e muita paz.

      Excluir
  4. Caro amigo(a) venho hoje aqui em seu brilhante site parabenizalo(a) pelos seus otimos artigos e a proveitando a mesma mostra esta otima feramenta que lhe proporcionara muitas visitas para seu site grates, esperimente e cadraste-se você poderar gostar. É total mente grates, Você não precisa baixar nada todos podem participar é só se cadrastar e divulgar a sim como eu estol, criando uma boa lista de visitas para seu site, deis de já fico grato e ao sucesso.
    Obs: Estol te seguindo espero sua parceria, de mim seguir tambem, fica com deus !!!
    Portal Paulista online.
    Link de acesso é so copiar e colar na barra de endereços:
    http://www.1milhaodevisitas.com/?aff=23509

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo, obrigado por sua visita.
      Foi um prazer tê-lo aqui, volte sempre que desejar.
      Muita paz.

      Excluir